Relações Bilaterais Brasil – Rússia

 

Livros recomendados sobre relações bilaterais do Brasil:

Como é chamado o atual processo político-econômico da Rússia?

A professora Lenina Palmeranz cunhou o termo “ transformações sistêmicas”.

 

Quais são as fragilidades internas da Rússia?

  • Crise demográfica: muito similar à depressão populacional do Japão. A população russa diminuiu em mais de 5% desde a independência, particularmente na região da Sibéria. Uma ameaça estratégica, especialmente quando o vizinho é a China;

 

  • Dutch Disease : excessivamente dependente de uma commodity, no caso da Rússia, o gás e o petróleo (responsáveis por 60% de sua economia), a Rússia e a Arábia Saudita são os maiores exportadores de petróleo do mundo. A GAZPROM é a maior empresa da Rússia e sua importância é enorme, principalmente quando se leva em consideração a finitude do bem;

Quais são os principais objetivos da Rússia?

  • Recuperação do status de potência (não mundial, mas regional);

 

  • Construção da usina nuclear iraniana (já construída). Usina de Busher (perto do porto de Busher, ao sul do país) ;

 

  • Manutenção da integridade territorial da Rússia;

 

  • Dirimir seu conflito de identidade. A Rússia é um país europeu, asiático ou euro-asiático? Essa questão envolve ma série de valores e tem impacto concreto nas políticas do país;

Obs: Medvedev,  Primeiro-Ministro da Rússia desde 2012, era presidente da GAZPROM.

Obs: A Comunidade dos Estados Independentes (CEI), criada em 1991, ainda existe e é vista como um grupo o qual sofre intensa influência da Rússia.

 

Quais conflitos ainda preocupam a Rússia?

 

  • Ossétia do Sul (Rússia X Geórgia);

 

  • Armênia X Azerbaijão (povo similar aos turcos): a Rússia apoiou a Armênia;

 

  • Moldávia .

 

Quais são as principais características das relações russo-chinesas?

  • As relações são definidas como um “eixo de conveniência”, pois votam, quase sempre, da mesma maneira nos organismos internacionais e enfrentam os mesmos problemas separatistas;

 

  • Têm boas relações com países autoritários (Sudão, Mianmar, etc…);

 

  • Princípios de política externa parecidos;

 

  • A Rússia teme uma possível colonização chinesa do território siberiano;

 

  • Rússia é um dos maiores exportadores de energia para a China;

 

  • Cooperam militarmente. A China compra muitos armamentos da Rússia;

 

  • OCX (Organização de Cooperação de Xangai) à na Ásia Central, apenas o Turcomenistão não faz parte; Busca combater, também, o narcotráfico, problema intenso na região do Afeganistão (produz 90% da heroína do mundo). Apesar de não serem membros, são observadores: Irã, Mongólia, Índia e Paquistão.

 

Como a Rússia se relaciona com a Índia?

A Índia sempre foi muito próxima da Rússia, apesar de neutra durante a Guerra Fria, sempre teve relações de proximidade com a Rússia. A Índia compra muitos armamentos russos e esse relacionamento bilateral Rússia-Índia se contrapõe ao eixo China-Paquistão.

Resumos para o CACD

Quais foram os principais eventos do relacionamento Rússia-EUA?

  • Início do governo Putin e Bush, a Rússia apoiou a “Guerra ao Terror”. Putin foi o primeiro líder a ligar para Bush. Ao ajudar os EUA, a Rússia esperava que os EUA deixassem de criticar a questão da Chechênia, além disso, a queda do regime Talebã interessava muito à Rússia, o islamismo exarcerbado poderia espraiar-se rapidamente para outras nações centro-asiáticas.

 

  • As relações começam a deteriorar-se. A Rússia exprime várias restrições em relação à OTAN;

 

  • A Rússia não aceitou o escudo anti-mísseis (localizado na Polônia) anunciado por Bush;

 

  • Revoluções Coloridas ( derrubada dos governos de países aliados à Rússia na pós-URSS ) à Geórgia, 2003, Revolução das Rosas à Ucrânia, 2004, Revolução Laranja à Quirguistão, 2005, Revolução das Tulipas; Substituição de governantes socialistas por governantes pró-russos;

 

  • É assinado o Novo START;

 

  • A Rússia foi candidada à OMC por 15 anos, só logrou êxito em 2011 (Obama retirou os obstáculos em relação à entrada da Rússia);

 

  • A Rússia tem se mostrado mais dura em relação ao programa nuclear iraniano;

 

  • Um dos êxitos do governo Obama, talvez o principal, foi a reaproximação com a Rússia.

 

 

A Rússia teve de esperar por 15 anos para conseguir fazer parte da OMC, quais são as vantagens de ser um membro da Organização Mundial do Comércio?

A adesão da Rússia à Organização Mundial do Comércio (OMC) não é apenas uma questão de prestígio político, mas implica benefícios principalmente econômicos. “Para a Rússia, seria mais um passo rumo à integração na economia global, distanciando-se de uma eventual marginalização. “A adesão à OMC é um sinal de que os investidores estrangeiros podem ter confiança na segurança jurídica e na proteção dos direitos de propriedade intelectual”.

“Não é que a Rússia tenha agora que se abrir totalmente. A OMC é, em última análise, um instrumento contra a discriminação. Isto é, para evitar a discriminação entre seus países-membros e entre os produtores nacionais e estrangeiros”.

 

Relações Bilaterais Brasil – Rússia:

 

Quando o Império Russo reconhece a independência do Brasil?

1828.

 

Qual a posição do Brasil em relação ao governo soviético pós 1917?

O governo brasileiro não reconhece o governo pós-revolução-bolchevique.

 

Quando o Brasil reconhece o governo soviético?

Apenas ao fim da Segunda Guerra Mundial (1945), quando relações bilaterais são estabelecidas.

 

Quais nações barravam a entrada do Brasil no Conselho de Segurança das Nações Unidas (CSNU)?

A URSS e o Reino Unido foram as duas nações que barraram a entrada do Brasil no CSNU,  hodiernamente, são as nações apoiadoras do pleito; à época, o Reino Unido era muito mais próximo da Argentina e, a URSS não apoiava o Brasil , pois sabia de seus intensos laços com os EUA.

 

O Brasil, em relação à Rússia, chegou a agir de forma “mais realista que o rei”, explique:

Dutra rompe com a URSS, mesmo quando os EUA não o fizeram. Dutra visava a mostrar seu apoio aos EUA;

 

Quando as relações com a União Soviética foram restabelecidas?

Política Externa Independente (P.E.I) – 1961: Brasil estabelece relações diplomáticas com a URSS, embora ainda fossem muio distantes;

 

Quais foram as principais datas e eventos da década de 2000?

 

  • 2002 à Parceria Estratégica Brasil-Rússia;

 

  • 2004 à Aliança Tenológica entre Brasil e Rússia;

 

  • 2005 à Primeira vez que um presidente brasileiro visita a Rússia, Lula faz 4 visitas:

 

  • 1) 2005 à Visita de Estado;
  • 2) 2006 à G-8 (São Petesburgo);
  • 3) 2009 à Cúpula do BRIC em Ecaterinburgo;
  • 4) 2010 à Visita de Estado.

 

Obs: Putin foi o primeiro presidente russo a viajar para o Brasil, o presidente Medvedev manteve a tendência;

 

material de Política Internacional para o CACD

Convergências entre Brasil e Rússia:

  • Reforma da governança global. BRICS;
  • Brasil apoiou a Rússia em seu pleito de entrada na OMC;
  • Apesar de fazer parte do G-8, a Rússia apoia o G-20;
  • Parceria espacial. O astronauta brasileiro, Marcos Pontes, foi ao espaço por meio de um foguete russo;
  • VLS (Veículo Lançador de Satélites) à as tentativas brasileiras malograram;
  • GLONASS ( GPS russo). Brasil tem a intenção de utilizá-lo;
  • Brasil compra armamentos da Rússia, especialmente helicópteros.

 

Divergências entre Brasil e Rússia:

 

  • Produtos cárneos. A Rússia é a principal compradora de carnes do Brasil, em segundo lugar fica o Irã. O problema acerca dessa questão são os embargos impostos pela Rússia. Brasil foi penalizado como se tivesse a febre aftosa quando, na realidade, não tinha;

 

  • Mudança do clima. Rússia faz parte do Anexo I do Protocolo de Quioto, o Brasil, do Anexo II.

 

  • A Rússia faz parte do grupo UMBRELLA: Países desenvolvidos não-europeus: Rússia, Japão, Austrália, Canadá, EUA, Noruega e Ucrânia (sim, Noruega e Ucrânia são europeus mas fazem parte )

 


       Existem 4 coalizões as quais lidam com a questão climática:

  • BASIC;
  • G77 (Países em desenvolvimento com exceção dos BRIC);
  • União Europeia;
  • Umbrella Group (países desenvolvidos não-europeus).

 

Qual a situação atual das relações comerciais russo-brasileiras?

Até o ano 2000 o comércio bilateral era de 1 bilhão de dólares, entretanto, antes da crise, ele chega a quase 8 bilhões de dólares;

Após a crise de 2008 o comércio caiu vertiginosamente devido à situação negativa da economia russa. A Rússia foi uma das nações mais afetadas pela crise.

Historicamente o Brasil tem superávit em relação à Rússia, em 2009 o Brasil vendeu 3 bilhões de dólares e comprou 1.4 bilhão de dólares.

 

Quais produtos são mais exportados pelo Brasil para a Rússia?

  • Produtos cárneos;
  • Açúcar;
  • Tratores;
  • Derivados do tabaco;
  • Café.

 

Quais são os produtos mais importados pelo Brasil da Rússia?

  • Fertilizantes derivados da ureia;
  • Helicópteros e armamentos.

A pauta de importação do Brasil em relação à Rússia ainda é limitada, uma característica negativa.

A Rússia no Âmbito Internacional

Você já conhece o histórico das relações Brasil – Rússia. Agora chegou o momento de aprender cada detalhe sobre as interações do governo de Moscou com o restante do mundo:

Material sobre a Rússia para o CACD

Conclusão

O Brasil tem um passado turbulento com a Rússia devido a questões ideológicas. O recrudescimento das relações russo-brasileiras atingiu fases agudas durante o governo de Eurico Gaspar Dutra e, mais tarde, quando o Brasil vivia sob lideranças militares.

Devido à expansão dos ideais capitalistas tanto na Rússia quanto no Brasil, os dois países perceberam que relações comerciais saudáveis seriam vantajosas para ambos os lados. Além disso, apesar da distância, as duas nações compartilham alguns objetivos e , conjuntamente, integram grupos em comum, como o BRICS.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *