Bibliografia de História do Brasil para o CACD

Descobrir quais são as leituras obrigatórias de História do Brasil para o CACD parece impossível.

Existem muitos professores com opiniões divergentes no mercado. Além disso, a quantidade de diplomatas e de candidatos ao concurso que compartilham recomendações no Facebook cresce a cada dia.

Por isso eu decidi fazer um guia definitivo sobre as leituras essenciais para a prova. Já fiz aulas com os principais professores dos maiores cursinhos como o Ideg, o Sapientia e o Clio (Damásio) e conheço detalhadamente os materiais de estudos utilizados por aprovados.

Esse guia contém aquelas leituras que são fundamentais para a sua aprovação. Deixar de ler quaisquer dessas obras implicará, certamente, um resultado aquém daquele que você poderia alcançar.


História do Brasil:

Trata-se de uma das matérias com a maior carga de leitura. Felizmente a banca que organiza a prova utiliza livros particularmente agradáveis.

Para aqueles que realmente desejam tornar-se diplomata, o maior desafio não é a quantidade de páginas a serem lidas, mas conhecer o posicionamento da banca acerca de cada assunto.

É aqui que praticamente a totalidade dos candidatos tropeçam.

O segredo que todos os aprovados conhecem é o seguinte: não basta conhecer o título do livro e o nome do autor, você, necessariamente, tem de saber quais capítulos de cada livro devem ser lidos.

Você pode me perguntar:

“ Não seria melhor ler os livros inteiros ?”

E a resposta é: “ NÃO!

Como a banca utiliza diferentes obras de diferentes autores, algo de fundamental importância acontece: as informações de livros diferentes entram em conflito.

Se você não conhece minuciosamente a posição da banca, suas chances de errar uma questão que tenha, pelo menos, duas respostas possíveis são muito grandes.

Como estamos falando de CESPE, um item como esse pode ser a diferença entre tornar-se diplomata e passar mais um ano inteiro estudando.

Vamos à lista de leituras de História do Brasil:

1) História do Brasil

    Autor: Bóris Fausto

       Quais Capítulos Ler: Todos, exceto o capítulo 8 (O Período Democrático)

História do Brasil (Boris Fausto)

História do Brasil, Boris Fausto

  • Atenção: Não é recomendado que você leia a obra História Concisa do Brasil. O autor é o mesmo, mas a versão concisa exclui uma série de informações importantes para a sua prova.
  • Atenção: A banca não concorda com a posição de Bóris Fausto em relação ao período republicano, portanto, pule o capítulo 8 inteiramente. No final dessa lista vou indicar qual livro você deve ler para esse período.

O clássico História do Brasil é unanimemente recomendado porque serve como uma introdução à extensa matéria sobre a história nacional.

Embora seja um livro relativamente longo (tem mais de 500 páginas), ele cobre virtualmente todos os tópicos do edital sem ater-se a detalhes que dificultem a leitura. A função desse livro é prover ao candidato aquela base tão necessária à compreensão de acontecimentos mais complexos.

É uma introdução dos principais personagens e eventos que, mais tarde, serão desdobrados em leituras específicas.

Os candidatos que optam por pular esse livro e dirigir-se imediatamente às outras leituras recomendadas tendem a ficar perdidos em meio a tantos nomes e acontecimentos.

Mesmo que você já tenha sólido conhecimento sobre História do Brasil, não pule essa indicação. A banca do CACD já criou várias questões que foram praticamente extraídas por inteiro desse livro.

Você encontra precisamente o mesmo livro que eu comprei na Amazon: História do Brasil, Boris Fausto


2) Navegantes, Bandeirantes, Diplomatas

     Autor: Synesio Sampaio Goes Filho

        Quais Capítulos Ler: Todos

Navegantes Bandeirantes Diplomatas (Synesio Goes)

Navegantes Bandeirantes Diplomatas (Synesio Sampaio)

Essa obra descreve a formação territorial do Brasil, um assunto amplamente explorado pela banca. Embora você tenha que estudar todos os tópicos do edital, alguns deles devem ser priorizados, pois aparecem com maior frequência na prova.

Essa é a principal fonte disponível sobre tratados de limites e história da diplomacia brasileira. Além de fundamental para a prova objetiva, esse texto tem importância incalculável para a terceira fase do Concurso de Admissão à Carreira Diplomática (CACD).

A utilidade dessa obra vai muito além das informações escritas, pois os mapas localizados nas últimas páginas do livro são bem detalhados e facilitam enormemente a compreensão do assunto.

O livro é disponibilizado pela FUNAG e pode ser baixado , gratuitamente, neste link: Navegantes, Bandeirantes, Diplomatas


3) História Geral do Brasil

     Organizadora: Maria Yedda Linhares

        Quais Capítulos Ler: Somente o capítulo 6

Historia Geral do Brasil (Maria Yedda Linhares)

História Geral do Brasil (Maria Yedda Linhares)

Atenção: Essa obra é a “bíblia” da Independência e da Formação do Estado Imperial. Nenhum outro livro cobre essa parte da matéria de maneira tão completa.

Você pode se sentir tentado a ler o livro inteiro quando perceber que muitas das informações contidas nos outros capítulos não estão em nenhuma outra obra indicada para o CACD. Não faça isso!

Os demais capítulos são excessivamente detalhados e têm informações desnecessárias para a sua prova.

Dedique todo o seu tempo ao Capítulo 6, escrito por Marcello Basile, e ainda assim você sentirá que a leitura é densa e que precisa ser repetida diversas vezes para que a totalidade do conteúdo seja absorvida.

Esse livro tem a capacidade de transformar um candidato medíocre em alguém capaz de acertar todas as questões sobre o período que se estende da Independência até o final do Segundo Reinado.

Recentemente foi lançada uma edição atualizada, com capa nova e preço muito mais acessível. Você pode encontrá-la aqui: História Geral do Brasil (Maria Yedda Linhares)


4) Tempo Saquarema

     Autor: Ilmar Rohloff de Mattos

        Quais Capítulos Ler: Todos

O Tempo Saquarema (Ilmar Rohloff de Mattos)

O Tempo Saquarema (Ilmar Rohloff de Mattos)

O conceito de “tempo saquarema” é uma das ideais basilares do Segundo Reinado. Qualquer candidato ao CACD que já tenha estudado História do Brasil por mais de 2 anos sabe que esse período é um dos mais complicados do edital.

É por isso que recomendo essa obra em adição ao História Geral do Brasil, organizado por Maria Yedda Linhares.

Esse livro é a única exceção da lista, pois apesar de não ser necessariamente vital para a sua aprovação, vai facilitar sua vida enormemente.


5) Maldita Guerra

     Autor: Francisco Doratioto

       Quais Capítulos Ler:  Somente o capítulo 1

Maldita Guerra (Francisco Doratioto)

Maldita Guerra (Francisco Doratioto)

O livro é enorme, mas a boa notícia é que você só precisa ler o primeiro capítulo. Não é necessário conhecer a movimentação das tropas no campo de batalha.

As informações mais relevantes são:

  • Os motivos de cada um dos atores participantes;
  • A formação e o desfazimento dos sistemas de alianças.

É bom lembrar que o autor dessa obra é professor da Universidade de Brasília e que as provas são claramente influenciadas por sua interpretação dos eventos históricos.

Se eu tivesse que escolher uma linha de pensamento para seguir durante as provas objetivas e discursivas do CACD, certamente optaria por aquela do professor Francisco Doratioto.

Como meu objetivo é prover as melhores dicas para você, aqui vai um excelente vídeo do próprio professor falando sobre a Guerra do Paraguai, tema central do livro:


6) História do Brasil Nação: 1808 – 2010

     Direção: Lilia Moritz Schwarcz

        Quais Capítulos Ler:

Introdução;

2 (A Vida Política);

3 (O Brasil no Mundo);

4 (O Processo Econômico).

Coleção História do Brasil Nação

Coleção História do Brasil Nação

Essa coleção é a leitura mais agradável dentre todas as obrigatórias. Os textos são bem escritos, o vocabulário não é rebuscado e as informações aprendidas ali despencam na prova.

A coleção é dividida em 5 livros e todos têm estrutura idêntica. Você não precisa ler os livros inteiros, basta dedicar-se aos 3 capítulos principais de cada obra:

  • Introdução;
  • 2 (Vida Política);
  • 3 (O Brasil no Mundo);
  • 4 (O Processo Econômico).

Existe, sim, uma possibilidade de a banca extrair dados dos demais capítulos e cobrá-los na prova, mas isso é raríssimo e, por essa razão, não justifica o esforço adicional.

Você vai notar que os demais capítulos versam sobre: População, Sociedade e Cultura. Não seria razoável afirmar que essas facetas da história brasileira não são importantes para o CACD, mas estão muito longe de serem centrais para a sua prova.

Pensando nisso, preciso fazer uma ressalva acerca do quinto e último volume da coleção, o livro intitulado Modernização, Ditadura e Democracia.

Não leia esse livro para o CACD.

Nem mesmo um capítulo. Embora a qualidade seja equiparável aos outros volumes, há uma série de divergências entre os autores desse volume e os membros da banca responsáveis por sua prova.

Nunca é demais lembrar que, no CACD, não basta conhecer a matéria, é vital conhecer o posicionamento da banca.

Seu tempo é escasso, dedique-o somente àquilo que realmente merece sua atenção:


Volume 1: Crise Colonial e Independência (1808 – 1830):

História do Brasil Nação (Volume 1)

História do Brasil Nação (Volume 1)

 

Volume 2: A Construção Nacional (1830-1889):

História do Brasil Nação (Volume 2)

História do Brasil Nação (Volume 2)

 

Volume 3: Abertura Para o Mundo (1889-1930):

História do Brasil Nação (Volume 3)

História do Brasil Nação (Volume 3)

 

Volume 4: Olhando Para Dentro (1930-1964):

História do Brasil Nação (Volume 4)

História do Brasil Nação (Volume 4)

 

Volume 5: Modernização, Ditadura e Democracia (1964-2010):

História do Brasil Nação (Volume 5)

História do Brasil Nação (Volume 5)

 


7) A Democracia no Brasil (1945-1964)

     Autor: Jorge Ferreira

       Quais Capítulos Ler: Todos

A Democracia no Brasil (Jorge Ferreira)

A Democracia no Brasil (Jorge Ferreira)

Essa leitura é de suma importância, pois há inúmeras interpretações para esse período histórico, mas essa é justamente aquela que a banca utiliza.

O autor, Jorge Ferreira, tem uma excelente coleção de livros chamada “O Brasil Republicano”, mas as obras, com exceção do Volume 3 (que é o próximo item da minha lista) oferecem mais informações do que você precisa nesse momento.

O livro recomendado, A Democracia no Brasil (1945-1964), é bem curto, daqueles que a gente lê de uma vez só, mas menciona os principais fatos do período e explica de maneira bastante didática a formação dos partidos políticos da época.

Se você é daqueles que se confunde com as siglas partidárias e tem dificuldade em lembrar qual político pertence a qual partido, esse livro vai te garantir pontos valiosos na prova.

Atualização:

Várias pessoas têm me perguntado onde encontrar esse livro.

Infelizmente essa obra tornou-se praticamente uma relíquia. É dificílima de encontrar. Você terá maiores chances de comprá-la em sebos online como a Estante Virtual.

Mesmo assim, não há qualquer tipo de garantia, pois os poucos exemplares disponíveis tendem a ser vendidos no mesmo dia em que são disponibilizados.

Pensando nisso decidi disponibilizar dois resumos que discutem exatamente os mesmos assuntos do livro. O conteúdo é o mesmo, a única diferença é a extensão.

Aqui estão os links para download:


8) O Brasil Republicano (O Tempo da Experiência Democrática)

     Autor: Jorge Ferreira

       Quais Capítulos Ler: Todos

O Brasil Republicano (Jorge Ferreira)

O Brasil Republicano (Jorge Ferreira)

Esse livro explora mais profundamente aquilo que está no “A Democracia do Brasil (1945-1964)”.

Os tópicos mais importantes são:

  • A polarização ideológica;
  • A formação dos partidos políticos.

Embora seja possível passar no CACD sem ler esse livro por completo, é recomendável que você esteja familiarizado com o posicionamento desse autor, particularmente em relação aos assuntos discutidos no capítulo sobre as Crises da República.

Atenção: para aqueles que já leram o livro História do Brasil, do Bóris Fausto, a banca não concorda com aquilo que ele escreveu sobre o Brasil republicano. Você deve responder às perguntas da sua prova de acordo com o posicionamento de Jorge Ferreira. Isso é bastante importante, tome nota!


9) História das Relações Internacionais do Brasil

      Autores: Doratioto e Vidigal

         Quais Capítulos Ler: Todos

História das Relações Internacionais do Brasil (Francisco Doratioto e Carlos Vidigal)

História das Relações Internacionais do Brasil (Francisco Doratioto e Carlos Vidigal)

Um dos principais livros de toda a bibliografia do CACD. Aborda o tema da Política Externa Brasileira e une a matéria de História do Brasil à de Política Internacional.

Na realidade, o História das Relações Internacionais do Brasil é a ponte que conecta duas das principais matérias da prova (tanto em conteúdo quanto em quantidade de pontos).

O livro é curto, fácil de ler, agradável e ainda foi escrito por Francisco Doratioto.

Não é possível fazer o CACD em segurança sem ter lido essa obra, pelo menos, algumas vezes. Caso você não a tenha comprado ainda, faça isso agora.


10) História da Política Exterior do Brasil

       Autores: Cervo e Bueno

          Quais Capítulos Ler: Todos

História da Política Exterior do Brasil (Amado Cervo e Clodoaldo Bueno)

História da Política Exterior do Brasil (Amado Cervo e Clodoaldo Bueno)

Esse livro costumava ser a principal leitura sobre Política Exterior do Brasil, mas, para sua sorte, isso mudou.

A verdade é que esse livro, apesar de ainda manter-se relevante, foi parcialmente substituído pelo História das Relações Internacionais do Brasil, de Francisco Doratioto.

Embora sua importância tenha sido relativizada nos últimos anos, ele ainda é o livro que mais oferece conteúdo factual, característica importante na preparação para um certame que se torna mais competitivo a cada dia.

Essa leitura é difícil, repleta de datas, cargos, nomes e conferências. É o tipo de preparação que se faz no longo prazo. Não tente ler tudo de uma vez, principalmente se você ainda não estiver devidamente familiarizado com o restante da matéria.

Dica: Quando já estiver confortável com os assuntos abordados no livro do Doratioto, leia esse do Amado Cervo para aprofundar suas bases.


material de Política Internacional para o CACD

Já que você está em um bom ritmo de estudo, aproveite para registrar-se na Plataforma de Estudos de Atualidades.

atualidades-concursos-convite

Acha que algum outro livro deveria entrar na lista? Deixe um comentário!

15 respostas
  1. Gabriela Rodrigues
    Gabriela Rodrigues says:

    Bom dia! Sabe me dizer onde posso encontrar o livro “A Democracia no Brasil (1945-1964)”, de Jorge Ferreira, para comprar? Nos sites em que encontrei, a obra estava esgotada. Obrigada.

    Responder
  2. Joice
    Joice says:

    Eu tenho a 4° edição da História da Política Exterior do Brasil de Cervo e Bueno, ela ainda é relevante ou é preciso adquirir a quinta edição?

    Responder
    • Bruno
      Bruno says:

      Oi, Joice!

      Nesse caso a 4ª edição é mais que suficiente. Eu já li as duas e posso afirmar tranquilamente que a diferença não é substancial.

      Por favor, lembre-se de que essa é uma exceção. Não desenvolva o hábito de comprar as versões mais antigas das obras recomendadas na bibliografia.

      Bom sábado e bons estudos!

      Responder
  3. João
    João says:

    É mais recomendável ler a história das relações internacionais ou história da politica exterior primeiro? Estudarei os dois livros, mas quero saber qual dos dois devo ler primeiro!

    Responder
    • Bruno
      Bruno says:

      Olá, João!

      Leia o “História das Relações Internacionais do Brasil“. Além de o livro ser muito mais curto e fácil de entender, atualmente a banca tem retirado questões diretamente dele.

      A outra obra, “História da Política Exterior do Brasil“, pode ser lida mais tarde, quando você já estiver bem seguro em relação à matéria.

      Bons estudos e boa prova,

      Bruno

      Responder
  4. Vitor Rocha Dannemann
    Vitor Rocha Dannemann says:

    Boa tarde Bruno!

    Você sabe algo sobre o livro A Diplomacia na Construção do Brasil? Do Rubens. Está sendo recomendado como bibliografia.

    Abraço!

    Responder
    • Bruno
      Bruno says:

      Boa tarde, Vitor!

      os textos do Ricupero são realmente excelentes. Embora eu não considere essa leitura essencial, certamente é uma obra que pode ser utilizada como extensão do núcleo duro da bibliografia.

      Ao selecionar os livros “obrigatórios”, levei em consideração as indicações dos professores dos principais cursos preparatórios além da opinião de vários aprovados.

      Meu objetivo é filtrar a bibliografia o máximo possível para que os leitores do site desenvolvam um plano de estudos verdadeiramente preciso, mas isso não significa que as demais obras sejam, necessariamente, ruins. Há muitos livros bons que ficaram fora da lista.

      Caso você já tenha comprado o livro e esteja aproveitando a leitura, vá em frente!

      Deixo até um convite caso você queira escrever um artigo sobre suas impressões acerca da obra. Posso publicar seu texto aqui mesmo no blog.

      Bom final de semana e sucesso nos estudos!

      Responder
      • Vitor Rocha Dannemann
        Vitor Rocha Dannemann says:

        Grande Bruno!

        Sou um iniciante nesta jornada, e foi através dos seus textos que eu encontrei um norte a seguir. Te agradeço muito por isso. Realmente o estudo está cada vez mais democrático e acessível, graças a pessoas como você, que compartilham o conhecimento e a informação.

        Vou me formar agora final do ano, mas já estou organizando meus estudos para passar no CACD, quem sabe daqui a 2, 3 anos…

        Eu ainda não li o livro do Ricupero, vai chegar ainda pelo correio. Mas com certeza posso escrever minhas impressões sim para, quem sabe, ajudar outras pessoas também.

        Um grande abraço!

        Responder
        • Bruno
          Bruno says:

          Vitor,

          você está no caminho certo. A maioria das pessoas ainda começa a estudar para o CACD de maneira impulsiva, caótica. A soma de estratégia de estudos (bem planejada) e proatividade sempre gera candidatos fortes.

          A atitude correta você já tem, siga em frente com determinação e você, certamente, chegará lá.

          Mais uma coisa, acompanhe a Plataforma de Estudos de Política Internacional desde agora. Isso fará uma diferença enorme quando o próximo CACD chegar.

          Sucesso nos estudos!

          Responder
  5. Lucas Matheus Fernandes Lobo
    Lucas Matheus Fernandes Lobo says:

    Olá, boa noite! Gostaria de tirar algumas dúvidas acerca da bibliografia.

    1) Há disponível em algum site o livro ”O Tempo Saquarema”? Até agora só encontrei uma versão na Estante Virtual, só que temo ser bastante antiga.

    2) O livro ”Brasil, uma Biografia”, da Lilia, poderia servir como leitura introdutória para história do brasil?

    Desde já, muito obrigado pelas dicas e pela excelente bibliografia!

    Responder
    • Bruno
      Bruno says:

      Lucas,

      1) Pode comprar “O Tempo Saquarema” antigo mesmo. As informações ali contidas já estão sedimentadas. Há um exemplar disponível aqui: O TEMPO SAQUAREMA

      2) É melhor ler o História do Brasil do Boris Fausto. Esse é um dos principais livros da bibliografia de História do Brasil. Lembre-se de ler a versão integral e não a concisa. Aqui vai o link: História do Brasil, Boris Fausto.

      Bons estudos!

      Bruno

      Responder
  6. Bruna Kloppel
    Bruna Kloppel says:

    Oi,

    Gostaria de saber se o livro do Boris Fausto precisa ser a edição mais atualizada ou se serve um mais antigo. Caso sim, a partir de que ano é confiável?

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *